Gostava de comprar casa nova ou trocar de casa e precisa de financiamento? Contacte-me: 926 80 90 92 | Nelson Favas Consultor Financeiro
Saiba como, contacte-me

01 junho 2007

Vender o video pra comprar um DVD...

Isto parecia-me absurdo se não tivesse ouvido com estes ouvidos que a terra há-de comer...

Alguém dizia:" - Porque é que a tua mãe não vende o video para comprar o DVD?
- Não vale a pena, ela diz que se aquilo tiver arranjo, paga o arranjo e fica com o video, se não der para arranjar olha paciência..."

Tipo video's de VHS, serei eu muito moderno ao pensar que esses objectos apenas os conseguimos encontrar em museus? Será que existe ainda alguém que paga 50 euros de arranjo de um vídeo VHS, quando em qualquer hipermercado pode comprar um leitor de DVD por 30 euros?

Okay... o que fazer com as antigas cassetes? Destruí-las, após passar o que realmente é importante, se é que contêm alguma coisa de importante, para um formato digital não será uma boa ideia?

Isto leva-me a outra questão... porque será que as pessoas guardam as cassetes? Estas normalmente tem lugar de destaque em cima de qualquer móvel e cujo função passou a ser acumular pó… Depois apenas se lembram delas quando estão em limpezas profundas e acabam sempre por lá as deixar por se tratarem de uma recordação e que algum dia (num futuro bem distante) vão gostar de rever aquilo... e no fundo aquilo é apenas lixo... E o mais absurdo é que só se lembram da porcaria das cassetes quando o vídeo avariou não se sabe bem porque e apenas descobrem isso passados uns (pelo menos) 6 anos de o tentarem ligar novamente para gravar uma novela qualquer e então utensílio já só vai servir para o que tem servido nos últimos 6 anos que é dar horas na sala...

A realidade é que ainda existe muito boa gente que lhe faz espécie o facto de os leitores de DVD não terem a função "Rewind"...

Ainda admitindo que o vídeo dá jeito para ver o casamento do fulano que se casou á 25 anos e que nunca mais deu sinal de vida e que a única vez que aparecemos nesse filme é aquela em que tropeçamos e que toda a gente ficou a rir de nós ou então aquela em que estávamos a enfiar uma garfada de comida na boca ou então estávamos podres de bêbados… mesmo admitindo isto tudo, não encontro justificação para o facto de as pessoas continuarem a insistir em ter um vídeo VHS, quando este não vai mesmo servir para nada e está avariado…
Gostava de reduzir as suas despesas com creditos? Contacte-me: 926 80 90 92 | Nelson Favas Consultor Financeiro
Saiba como, contacte-me