Gostava de comprar casa nova ou trocar de casa e precisa de financiamento? Contacte-me: 926 80 90 92 | Nelson Favas Consultor Financeiro
Saiba como, contacte-me

26 abril 2007

Diálogos interessantes

Em conversa com o meu amigo Bruno Monteiro, “Charroco” gentilmente apelidado por mim por ser de Setúbal, dei por mim a dizer umas coisas que realmente penso serem como as disse. Não interessa o teor do que se estava a falar e de que problemáticas estávamos saudavelmente a discutir, no entanto já depois de avançada a hora (são exactamente 05h00m a que me encontro a escrever) fui reler algumas coisas que disse, pelo que algumas delas achei extremamente interessantes guardar neste meu blog. Este meu blog que me define pelo que nele escrevo. Tudo o que vão ler a seguir são falas minhas de uma saudável conversa (por MSN)… como é lógico este conteúdo só é divulgado porque o Bruno assim consentiu e por respeito a ele nada do que ele me disse sobre os assuntos vai ser divulgado, talvez noutra altura.

Resta-me agradecer a ele pelo facto deste nosso diálogo (que não é o primeiro nem vai garantidamente ser o último)… foi bastante gratificante. Obrigado Bruno.

Ainda acrescento que esta é mais uma das provas de que eu não sei mesmo escrever e garantidamente a ninguém vai interessar ler o texto que se segue.

(…)

Nelson Favas diz:

Há coisas que nós não conseguimos entender porque não as vivemos tão intensamente...
O que me parece meu caro amigo é que tu estás a viver tão intensamente este momento e isso está a derruba-te, a empurrar-te para baixo, a entristecer-te e de qualquer forma a fazer-te ver coisas nas entrelinhas, a fazer-te entender uma mudança que não era aquela que delineavas na tua mente... Mas tu tens de encontrar uma solução para isso, esse é somente um ponto negro no meio de um corpo com pele bonita porém com algumas borbulhas... Tu tens duas formas ou deixas que ele saia naturalmente ou espremes.

Das duas formas ele ou sai mas fica lá a marca para sempre.
Se for mal espremido, pode voltar a criar.
Se espremeres isso vai provocar dor, mas garantidamente que sai, custe o que custar.
Deixar passar naturalmente vais ter de viver com ele durante algum tempo que ao mesmo tempo não vai ser indiferente para ti.
(...)
nunca deixes que ninguém encontre algo que te possa apontar...
(...)
Sabes o que penso sobre isso
a tal compensação pra o Casal ser perfeito
O Sexo ( entenda-se Amor) + A partilha de palavras e experiências tem de estar sempre em perfeita sintonia, os dois tem de sentir vontade de se partilhar num todo. Esse todo completado pela soma que referi.
(...)
Eu sou agnóstico, que se não sabes o que é significa, eu explico é que acredito que o espírito Humano é incompetente para conhecer o absoluto, não somos donos de todo o conhecimento, por isso tenho "fé" que existe uma entidade superior, á qual eu chamo Deus, mas é um Deus da forma como eu o vejo e quero ver.
O Deus que esse filme idolatra é omnipresente e benévolo, que é tal e qual aquilo que conhecemos e queremos acreditar num ser superior, aquele que nos diz o que é o bem e o que é o mal, permitindo-nos a nós escolher qual o caminho que devemos seguir. A única coisa que não acredito nesse panorama todo é que eu acho que um ser superior actua sobre nós de forma consciente no nosso inconsciente, não precisa de estar escrito ou numa película de filme para que nós possamos julgar por tudo o que vamos fazer. Quero eu dizer que independentemente do que o Deus, que dizem estar escrito na bíblia diga para eu fazer, não é isso que sinto que tenho de fazer, embora me possa guiar por ai para definir sobre bem e mal, no entanto a fé num Deus que eu julgo existir é totalmente expressa naquilo que o meu inconsciente me diz para fazer e ser.
Acho que me fiz entender.
(...)
Eu acredito no Big Ban e acho que a teoria do Adão e da Eva muito pouco provável.
Por isso o transcendente é um buraco escuro toda a gente diz que sim ou opina sobre isso, mas nunca ninguém que lá estivesse dentro realmente viu.
(...)
Para mim as pessoas são aquilo que lêem ou vêem, são aquilo que procuram ser, são aquilo que lhes é transmitido moral e imoralmente. O facto de ela ter cumprido com o que a voz lhe disse ( dividir pão p/ 7/8 pessoas), na altura em que o marido estava doente pouco ou nada tem a ver com o facto de ele ter melhorado/ ficado curado. Ok mesmo admitindo a hipótese de um milagre, algo a que chamam divino ter passado por ele, nada justifica que tivesse a ver com o facto de ela ter cumprido com a voz lhe disse, somente a fé das pessoas une esses dois pontos, nada mais que isso une aquelas duas situações somente a fé.
Compreendendo que fé é aquilo em que as pessoas querem acreditar.
(...)
Independentemente do meu cepticismo quanto a essas coisas, o facto é que a serenidade que passaste esta tarde em conversa com a Dª. Eugénia, te ajudou, pelo menos a acalmar o teu ego. Onde procuras as forças para que o teu estado de espírito, esteja compreendido entre o Bem e o Muito Bem até é indiferente, o importante é que isso te faça sentir bem.
(...)
Esse o caminho para o sucesso? Pois é ai que eu vou contra todas as leis das "fés" que traçam todo o seu caminho para o sucesso através de uma "bíblia". É como aprenda a ter sucesso em 10 mandamentos. bhaha ridículo.
(...)
Amigo e como e em que é que o "encontrar amor em outras coisas" te ajudam no facto de te sentires amado? Quanto muito compensam um lado mais carente, mas não preenche o vazio da falta do amor de outrem por ti. A não se que te consigas completamente abster disso. Mas como tu próprio disseste vai existir para sempre esse lado azedo... que só estando completo deixa de azedar.
(...)
Não deixes nunca que a pessoa que tu amas te diga que tu já não és simplesmente mais quem ela queria que tu fosses.
ela tem no mínimo dizer que tu já não és a pessoa que ela ama.
tal e qual como quem ama só ama por não saber porque, porque ama um todo, quem não ama também tem de passar a saber o porque é que gosta de ti... logo isso não é o suficiente para seres a pessoa indicada para ela. Pois não vais conseguir ser feliz se ambos não se amarem num todo e só gostarem de uma ou outra coisa ( mesmo que essa uma ou outra coisa sejam muitos pontos positivos, nunca é o suficiente).

(…)

E assim foi até ás 5 da manha… e garanto estávamos nos nossos plenos estados de consciência.

Gostava de reduzir as suas despesas com creditos? Contacte-me: 926 80 90 92 | Nelson Favas Consultor Financeiro
Saiba como, contacte-me