Gostava de comprar casa nova ou trocar de casa e precisa de financiamento? Contacte-me: 926 80 90 92 | Nelson Favas Consultor Financeiro
Saiba como, contacte-me

31 março 2007

Eu a fazer Serviço Público - “Ciberdependência”

Segundo parece é a dependência “da moda”… Até porque nos novos manuais de psicologia esta começa a ter algum ênfase e cada vez mais se dá mais importância e preocupação á dependência da Internet.

Estar On-line, ver o e-mail antes de todas as outras tarefas, ver os blogs dos “e-friend’s”, pesquisar na Internet, jogar on-line, despender mais tempo do que o previsto a vaguear na Internet, são os primeiros paços para deixar de comer ou comer em excesso, deixar de dar atenção aos familiares, deixar de fazer exercício, etc… que o levam á depressão e desmotivação pela vida pessoal e social… eu não sei explicar muito bem quais as reacções e/ou causas desta dependência, mas o que penso sobre o assunto é o seguinte:
“Grande numero de pessoas passou a ser utilizador de Internet (não sei números concretos), mas o acesso á “ferramenta” está disponível em escolas, locais laborais e até em locais públicos (já para não falar da utilização doméstica onde progressivamente a oferta é cada vez mais aliciante e económica), pelo que não considerar preocupante a “ciberdependência” é género "crime social", encarar e deixar passar ao lado pessoas em que os traços desta dependência estejam já vincados. A dependência actua no inconsciente das pessoas e geralmente os "viciados" não o admitem que são, logo isso é preocupante como qualquer outro vício não reconhecido pelo indivíduo que o tem. Em suma temos de nos precaver, eu gosto de estar aqui, mas não quero me tornar um Ciberdependente e possivelmente ter de frequentar qualquer coisa a que hão de chamar “Ciberdependentes anónimos” (e que provavelmente terá um fórum On-line, isto é humor de uma cor qualquer.). Com tudo devemos evitar e incentivar os demais a tornarem-se o menos dependentes de Internet possível. Segundo o que li e já vi sobre o assunto já existem registos de pessoas que foram hospitalizadas e até “sepultadas” pelo uso excessivo desta ferramenta que nos possibilita interactividade mundial.

Tem tanto de benéfico como de aterrorizante.

A quem estiver interessado e preocupado sugiro que façam o teste (“On-Line”), para se precaverem e tomarem alguma atitude consoante o resultado, depois comentem o post e depois vaiam dar uma volta num jardim ou praia.

Antes de divulgar o sítio o meu resultado foi o seguinte:

Resultado: 47
“You are an average on-line user. You may surf the Web a bit too long at times, but you have control over your usage.”

Normalmente a tendência é em piorar, isto se não fizermos nada enquanto podemos.
Quanto aos interessados aqui vai, façam o teste, mas independentemente do resultado não deixem de passar por aqui.
http://www.netaddiction.com/resources/internet_addiction_test.htm


(Ps. Aposto ainda que um dia vão existir (negócios com) centros de reabilitação e reinserção social para dependentes das novas tecnologias. E se os houver lembrem-se que eu fui o mentor da ideia em Portugal, porém para não variar não tenho capital para ser eu a iniciar/investir no primeiro.) -> Isto foi um aparte.

4 comentários:

Miss Alcor disse...

Olha eu tive 22, mas a frase é igual à tua. Ainda devo estar dentro da escala daqueles que não abusam muito!
Realmente é um facto preocupante, e bastante viciante... eu às vezes quando não tenho mais nada para fazer, "perco-me" na internet! Mas acho que tudo deve ter um peso e uma medida... é preciso saber jogar com as consequências e as vantagens e infelizmente há pessoas que não sabem fazer isso!
O negócio dos dependentes das TI era muito boa ideia... e a do fórum on-line, eheheh brilhante ;

Rute disse...

Oi,

Para mim nelson , nem precisavas de fazer teste :P todos sabem que és ciberdependênte!!

A mim deu-me 42, quase que te apanho!!!bahh

Susana Alves disse...

Ok! Eu tive 37 (You are an average on-line user. You may surf the Web a bit too long at times, but you have control over your usage).eheheh. Mas acho que ainda me consigo controlar :)
Hum, mas isto encontrar um teste dstes..lol é de quem anda muito por aki! eheheheh.

Nelson Favas disse...

Suas... Ciberdependentes :P

Gostava de reduzir as suas despesas com creditos? Contacte-me: 926 80 90 92 | Nelson Favas Consultor Financeiro
Saiba como, contacte-me