Gostava de comprar casa nova ou trocar de casa e precisa de financiamento? Contacte-me: 926 80 90 92 | Nelson Favas Consultor Financeiro
Saiba como, contacte-me

19 março 2007

Quimera

Quando não encontramos palavras para descrever algo, isso é bom ou é mau?

Tipo eu amo-te porque... não sei.

Se soubesse tu passarias a ser vulgar, passarias a ser mais uma... Assim eu não te amava, por e simplesmente gostava e/ou desgostava dos teus defeitos e/ou qualidades, não seria um todo, se soubesse indicar o porquê de te amar, não amaria um todo e somente uma parte, mas na realidade isto não acontece, eu amo-te num todo logo, amo-te não sei porquê, ou então porque sim e não somente pelo que és, pelo que tens, pelo teu feitio, etc... amo-te o porquê não sei.

4 comentários:

Canochinha disse...

Que bonito ;)

Rute disse...

é sempre bom sabermos que amamos alguém e que somos correspondidos, bigado por seres quem és

Tunnersan disse...

Será suficiente dizer : Amo-te...ponto final parágrafo!!!!

OU "...Amo-te sem saber como ou quando ou de onde, Amo-te tal como és, sem complexos, nem orgulhos, Amo-te porque não sei outro caminho além deste...Tão perto que a tua mão no meu peito é a minha mão...Tão perto que quando fechas os olhos adormeço..."

Nelson Favas disse...

Canochinha, melhor mesmo só sentindo. :)

Mor...:)

Tunnersan ainda bem que temos perspectivas diferentes de ver não sei o que... e tal... depois bago de uva.
Com tudo.... "Amo-te tal como és", "sem complexos", etc... é preencher somente uma parte e não um todo do que te agrada (ou dizes que amas) é admitir que há algo que não gostas e se não gostas não podes amar... daí a profundidade do "não sei porquê"...

"Amo-te porque não sei outro caminho", é admitir que somente se segue aquele porque não se conhece outro, porém isso não inviabiliza a existência de um outro, quanto muito e na minha perspectiva, essa afirmação teria de ser algo como "Amo-te e não quero ter/ver outro caminho" e isso jamais justificaria o porquê... pelo que nos mantínhamos na mesma "Amo-te o porquê não sei".

As "mãos" e os "olhos"... isso é couro, bonito e tal... mas couro.

Obrigado por partilhares a tua forma “para ir mais além”...

Gostava de reduzir as suas despesas com creditos? Contacte-me: 926 80 90 92 | Nelson Favas Consultor Financeiro
Saiba como, contacte-me